• A poesia de Leonard Cohen #naBlooks!

    Muita gente achou estranho quando o nome de Bob Dylan foi anunciado como ganhador do prêmio Nobel de literatura. O fato de Dylan ser poeta causou estranheza, as pessoas esqueceram de todas as letras que ele escreveu e sua gigantesca força poética. Esqueceram também do poeta enquanto bardo, que sai por aí brandindo sua poesia aos …

    More  →
  • #NaBlooks: A casa e o mundo lá fora – Cartas de Paulo Freire para Nathercinha, de Nathercia Lacerda

    Nathercinha era uma menina e cresceu naquele Brasil em que havia uma ditadura e pessoas presas, perseguidas. Eram anos duros e muitos  tiveram que deixar o país. Entre eles  estava o pedagogo Paulo Freire, um dos maiores nomes e  referência mais citada mundialmente quando se trata de educação. Foi com ele, que era seu primo …

    More  →
  • Blooks no 3 Art in progress, no Rio Design Leblon

    A Blooks acaba de abrir uma loja temporária no Rio Design Leblon, ocupando o espaço 3 Art in progress, criado pelo shopping em parceria com a Art in progress, de Gilza Velloso e Claudia Sehbe. O 3 Art in progress é um espaço cult de convívio com artes plásticas, literatura e culinária. A Blooks chega dividindo esse …

    More  →
  • Mulheres, raça e classe, de Angela Davis + Feminismo, antirracismo e luta de classes em debate

    Feminismo, antirracismo e luta de classes em debate é o nome do encontro que a Blooks e a Boitempo Editorial estão programando para o dia 10 de novembro, quando será lançado o livro Mulheres, raça e classe, da ativista e professora americana Angela Davis. Além do lançamento teremos um debate dos bons com a participação de Ana Paula Lisboa, Jaciana …

    More  →
  • #naBlooks: Descobrindo o Islã no Brasil, de Karla Lima

    O que, de fato, sabemos sobre o Islã? Precisamos sair do clichê noticioso, das manchetes que acabaram por associar o Islã ao terrorismo e ao medo, para descobrir a cultura que move os seguidores dessa religião tão difundida pelo mundo. E quando falamos do mundo falamos certamente do Brasil, onde o Islã, seus melhores preceitos, …

    More  →
  • O nonsense de Edward Lear na Blooks!

    Dica da Blooks para todas as crianças,inclusive aquelas que ainda estão vivas dentro de cada adulto: dois livros lindo do Edward Lear editados pela editora Iluminuras. Lear, ao lado de Lewis Carrol, consolidou um tipo muito peculiar de literatura;em seus trabalhos une-se o onírico, o lúdico e o inacreditável num estilo que passou a se …

    More  →
  • #NaBloos: Textos básicos de antropologia. Cem anos de tradição: Boas, Malinowski, Lévi-Strauss, organizado por Celso Castro

    Uma coisa fundamental nesses  tempos que vivemos,mais do que nunca, é refletir. Pensar e aprender para tentar constituir um modelo melhor para nossas vidas e daqueles  que estão ao nosso redor. Assim podemos criar uma cadeia virtuosa de acontecimentos que gerem um mundo bom para se viver. Sim, esse pensamento talvez seja simplista mas o princípio …

    More  →
  • #NaBlooks: Box Ignácio de Loyola Brandão (cinco livros)

    Ignácio de Loyola Brandão é um dos grandes escritores contemporâneos brasileiros. Sua obra, que inclui romances como Zero, Não verás país nenhum e Dentes ao sol, é desafiadora e sob medida para pensar o país. Ele  escreveu contos, romances, diários de viagem, livros infanto-infantis, teatro e, aos 80 anos, foi agraciado com o prêmio Machado de Assis, …

    More  →
  • Graham Greene em novas edições, #naBlooks!

      O selo Biblioteca Azul, da Globo Livros, lançou novas edições de três livros do escritor inglês Graham Greene. Um lobo solitário, O americano tranquilo e Os farsantes chegam para essa nova geração de leitores que aí está ficar antenado com o trabalho desse  mestre que navegou com vigor entre a poesia, artigos, contos e romances …

    More  →
  • #NaBlooks: Saber do negro, de Joel Rufino dos Santos

      Saber do negro, de Joel  Rufino dos Santos, editado pela Pallas Editora, traz um olhar historiográfico que discute o papel do negro no Brasil a partir de uma pesquisa realizada pelo autor sobre as relações entre Brasil e África  nos séculos XVI e XIX. No livro o negro não é sujeito passivo da escravidão ou …

    More  →

Facebook